quinta-feira, 7 de agosto de 2008

O comum não nos atrai

Amar não é se envolver com a pessoa perfeita, aquela de nossos sonhos sabe?
Não existem príncipes, nem princesas...
é encarar uma pessoa de forma sincera, real, exaltando suas qualidades, e sabendo dos seus defeitos. O amor só é lindo quando encontramos algúem que nos transforma no melhor que podemos ser.
Nunca diga te amo, se não te interessa,
nunca fale sobre sentimentos, se estes não existem,
A coisa mais cruel que alguém pode fazer é permitir que alguém se apaixone por você, quando você não pretende fazer o mesmo. (mas isso quase sempre é inevitável, e acontece!)
Compreender o outro, tentar sentir a diferença, se colocar no seu lugar.
Diz o ditado que um casal feliz é aquele feito de dois bons perdoadores. (então, perdoe!)
A verdadeira medida de compatibilidade não são os anos que se passaram juntos, mas o quanto nesses anos, vocês foram bons um para o outro.
Pois, um coração partido, dura o tempo que você deseje que ele dure, e ele lastimará o tempo que permitirmos.
Um coração partido sente saudades, mas permita-se rir, conhecer outros corações.
A dor é inevitável, mas o sofrimento é opicional.
As vezes é duro terminar com alguém, e isso dói. Mas o amor dói muito quando ele não sabe o que você sente.
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata...
Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem...
Descobrimos que se apaixonar é inevitável...
E percebemos que as melhores provas de amor, são as mais simples.
Percebemos que o comum não nos atrai...
Saberemos que ser classificado como bonzinho, não é nada bom,
Percebemos que a pessoa que nunca liga, é a que mais pensa em nós...
Percebemos que somos muito importante para alguém, e que não damos valor a isso...
Percebemos como aquela pessoa faz falta, mas aí já é tarde demais...
Um dia percebemos que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos nossos sonhos, dizer tudo o que tem que ser dito...
O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutar para realizar todas as nossas loucuras...

"Quem não compreende um olhar, tampouco compreenderá uma longa explicação!!!"
-Mário Quintana-
*
As mulheres inteligentes sabem qual é:
a diferença entre estar apaixonada e estar sofrendo.
*
Experiência não é o que aconteceu com você, mas o que você fez com o que lhe aconteceu.- Aldous Huxley(escritor inglês)
sem tempo pra blog.
sem idéias produtivas.

4 comentários:

  1. Anônimo7/8/08 14:17

    Acho que não há terapia que seja melhor que arrumar a casa e lavar louça...
    Decididamente, amar não é se envolver com a pessoa perfeita, muito pelo contrário... é ter o vilão certo que consegue roubar um coração sem que possamos notar. E talvez, essa sinceridade tão buscada não será encontrada na língua de nenhum mocinho, que se cobre todo para não dizer o que pensa e o que sente... dizer talvez possa ser até dos males o menor, quando alguém diz alguma coisa, tudo fica claro em frações de segundo, quando desaparecem tudo se torna uma infinita incerteza... Talvez mágoa e desespero sejam sentimentos causados mais por faltas de palavras e de ações que um segundo de silêncio. A distância só permite isso, incertezas! E o que a outra pessoa pensa na distância? Quando está só, sem palavras e sem ações? Não chega ser tormento em um minuto pensar nas várias coisas que teriam de ser feitas e passar o resto do tempo pensando que não consegue por haver alguma coisa, ou melhor por saber não haver, faltar alguma coisa?
    Se compreender o outro for se colocar no lugar, muitas pessoas deveria se abster do toque, dos sonhos, e entrar no tormento que é estar cercado de nada, nada do que realmente é interessado em um determinado momento.
    Para um coração se partir, basta não a palavra "não" em um determinado momento, mas a ausência que se segue após esse "não". E realmente, isso é algo que a ciência sequer precisa provar, corações realmente conhecem outras pessoas, feliz ou infelizmente... e isso possa ser o mais triste, o momento em que aquela pessoa, que te fez magoar, começa a deixar a mira de seu olhar, e você passa a olhar para outra pessoa e outra pessoa passa a te olhar... isso acontece...
    Provas de amor são realmente simples, não são precisos fotos que digam sobre o amor, nem o toque, mas a presença... E é tarde demais quando os nossos olhos começam a sorrir para outros "cantos"...
    Viver de conformidade é viver para o vazio, lutar pela loucura é lutar pelo que não se sabe... e então? Tem que se escolher alguma coisa? Aquela pessoa que vive na espera? Ela vai lutar por qual loucura, vai se conformar com o nada? Não faz sentido...
    Não há mulher ou homem inteligente que amam ou vivem paixão... ou amam ou pensam.

    ...//...
    Quintana
    Das ilusões
    Meu saco de ilusões, bem cheio tive-o.
    Com ele ia subindo a ladeira da vida.
    E, no entretanto, após cada ilusão perdida...
    Que extraordinária sensação de alívio!

    Do pranto
    Não tentes consolar o desgraçado
    Que chora amargamente a sorte má.
    Se o tirares por fim seu estado,
    Que outra consolação lhe restará?

    Da realidade
    O sumo bem só no ideal perdura...
    Ah! Quanta vez a vida nos revela
    Que "a saudade da amada criatura"
    É bem melhor do que a presença dela...

    Do amoroso esquecimento
    Eu, agora - que desfecho!
    Já nem penso mais em ti...
    Mas será que nunca deixo
    De lembrar que te esqueci?

    "não quero os olhos pousando como moscas na minha cara.
    Quero morrer na selva de algum país distante...
    Quero morrer sozinho como um bicho!"

    ResponderExcluir
  2. Douglas Rodrigues Dias19/8/08 00:42

    dayane diz:

    nem li
    ||
    \/

    ResponderExcluir
  3. Douglas Rodrigues Dias19/8/08 00:44

    ai coloquei a seta errada

    ResponderExcluir
  4. Para que ler? Nem precisa, assim é constituída a "ignorância moderninha"... perder tempo com leitura? Há tantos sites mais "interessantes"!

    ResponderExcluir

Por você, mesmo.