sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Botas Batidas

Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz
Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os olhos mudem de cor
Não me deixe só
Que o meu destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero do amor
Fique mais, que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem
Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa, sou macumbeira
Eu sou de paz, eu sou do bem
mas
Não me deixe só...


Sorte de hoje: Todos os seus sonhos serão realizados
ahh, vá pro inferno!

2 comentários:

  1. Douglas Rodrigues Dias10/10/08 13:01

    - Veja você onde é que o barco foi desaguar
    - a gente só queria o amor...
    - Deus parece às vezes se esquecer
    - ai, não fala isso, por favor
    Esse é só o começo do fim da nossa vida
    Deixa chegar o sonho, prepara uma avenida
    que a gente vai passar
    - Veja você, onde é que tudo foi desabar
    A gente corre pra se esconder...
    - E se amar, se amar até o fim
    - sem saber que o fim já vai chegar
    Deixa o moço bater que eu cansei da nossa fuga
    Já não vejo motivos pra um amor de tantas rugas
    não ter o seu lugar

    Abre a janela agora, deixa que o sol te veja
    É só lembrar que o amor é tão maior
    que estamos sós no céu
    Abre as cortinas pra mim
    que eu não me escondo de ninguém
    O amor já desvendou nosso lugar
    e agora está de bem

    Deixa o moço bater que eu cansei da nossa fuga
    Já não vejo motivos pra um amor de tantas rugas
    não ter o seu lugar

    Diz, quem é maior que o amor?
    Me abraça forte agora, que é chegada a nossa hora
    Vem, vamos além. Vão dizer
    que a vida é passageira
    Sem notar que a nossa estrela
    vai cair

    ResponderExcluir
  2. hohohouu
    quem vê até pensa né???
    adooooooro!!

    ResponderExcluir

Por você, mesmo.