quinta-feira, 25 de junho de 2009

Samba a dois

Nada de mais nem de menos a esse post. Véspera de aniversário e eu nem me lembrava. Tem gente que fala que aniversários servem para mostrar quem realmente se importa conosco. Na verdade, não estou nem aí. Uma dose de vinho tinto por favor. É tudo o que eu preciso. Escuro. Apenas algumas velas. Samba ao fundo. Nada de movimentos bruscos ou aglomerados humanos. Sem preocupações, sem pensamentos aleatórios, sem responsabilidades. Respirações ofegantes e dedos na nuca, suspiros e não, não fala nada. Ok.
Não consigo pensar em mim, um desculpe a mim a mesma. Mas fiz minha escolha, ou não?
Não vou ficar repetindo a necessidade que tenho de voltar a realidade, se na verdade nem mais sabemos o que é real. Penso, penso e penso. Só isso que eu tenho feito.
Sem mais, ninguém entende.
em meus ouvidos: sway. para você: um viva.

Um comentário:

  1. Ameiii!!!! Que essência!! Essa é minha mana!!!!

    ResponderExcluir

Por você, mesmo.